05 agosto 2009

Garras de fora

(foto minha)


Porque sou leoa, não me fico.
Podem contar com lealdade a 200%, sentido máximo de responsabilidade.
Tolerância zero a quem pretende pisar. Aqui, o terreno é meu e só põe nele o pé quem eu deixar.
Já tive de me bater em situações de desigualdade, já bati com a porta, já arrasei para recomeçar do zero. Sei o que é construir e arrasar. Não me acanho em ir à luta.
Pelos filhos, pelo trabalho, pelos amigos, por mim, arregaço as mangas e continuo. Uma mulher com coragem nunca desiste.
Consigo controlar-me e dar uma ou duas oportunidades quando me sinto zangada. Até respondo de boa vontade, sou capaz de uma "tirada" humorada para ver se terá sido um momento menos feliz que alguém despoletou.
Mas depois, não me agrarram. Uma leoa é dona do seu nariz, senhora dos seus domínios, feroz na defesa dos seus. E a última a ser tomada por ingénua.
Não nasci ontem, não sou ignorante, não largo enquanto não resolvo, não me amedronto perante uma luta desproporcional. Por tudo isto, eu não me fico.




15 comentários:

Pena disse...

Linda e doce Amiga:
Como a entendo.
Um Post sensível, onde revela o seu delicioso sentir de pureza e beleza imensas.
Fascinado e maravilhado pelo que ternamente "constrói"...
Com imenso respeito e estima.
Vale ouro puro.
Beijinhos amigos de estima e respeito...

pena

Adorei e fascinou-me o seu encanto e ternura.
Bem-Haja, preciosa amiga.

Si disse...

Grrrrrrraaaaaauuuuuu!
É assim mesmo, Filoxera!!!
Beijinhos!

Maria disse...

Ensinou-me a vida que é preciso ter muita calma. Em situações difíceis. E quanto mais difíceis são, mais calma é necessária...

Portanto, garras de fora, sim, mas... com calma... se possível...

Beijos

Poetic GIRL - BELA disse...

Também sou leoa, e nunca vi uma descrição tão fiel... beijokas

Pitanga Doce disse...

Eu não sou leoa porque torço pelo dragão. hehe (só para quebrar "o clima")

boa tarde menina

Vieira Calado disse...

E foi na 3ª

que o leão deitou as garras de fora!

Bjs

Antonio saramago disse...

Olha que eu sou Leão!!!

Filoxera disse...

Amigos Pitanga e Vieira Calado:
Leoa só de signo. De clube, sou dragão.
;-)

mariabesuga disse...

Estou deste lado como que aplaudindo esse jeito de que dizes fazer-te.

Quantas vezes não precisamos!...
Nem sempre é fácil.
Comigo o processo é mais complicado mas quando interiorizo ser preciso consigo ter a atitude de pôr na ordem quem me faz mal só por fazer...

BeijAbraço

O QUATORZE disse...

Olá. Boa tarde
O signo é interessante, a luta por algo saudavel na vida é sempre algo de salutar.
È intensa nas pisadas que toma no seu caminho.
Bjs de amizade
LUIS 14

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ah, Leoa!

tulipa disse...

POIS...
nota-se que é mesmo "LEOA".
FORÇA!!!
Não sou leoa, mas também não me fico...

"A frouxidão no amor é uma ofensa,
Ofensa que se eleva a grau supremo;
Paixão requer paixão, fervor e extremo; eu ardo, eu gemo; eu choro, eu desespero, eu clamo, eu tremo."

Descobri estas palavras do poeta Bocage, qual a tua opinião?
Eu também acho que "A frouxidão no amor é uma ofensa"...
Devemos amar e demonstrar por actos e palavras todo o nosso amor.

Beijos.

Maria, Simplesmente disse...

Nem sempre as garras resolvem problemas ou põem em sentido as pessoas. Por vezes a calma resolve tudo melhor, porque o pensamento está mais livre de iras e sentimentos demasiados quentes.
Bom domingo

Filoxera disse...

Amigos:
Este post foi escrito na sequência duma situação concreta. Claro que frisei que, mesmo quando ponho as garras de fora, faço-o com diplomacia, não sou do género de dar um murro na mesa. Resolvo conversando. E foi o que me valeu, nesta circunstância em particular. Resolvi a questão e ainda "marquei uns pontinhos".

Sofá Amarelo disse...

Que texto fantástico, se os leões tivessem uma direcção de comunicação de certeza que te contratariam, heheheh

Muitos beijinhos!!!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin