17 junho 2008

Marchas populares


Aqui para as minhas bandas, o santo que se comemora é o S. Pedro.
E a escola dos meus filhos assinala todos os anos as marchas populares, com um desfile onde todos participam, desde os bebés mais pequenos, que vão ao colo dos pais ou outros familiares, aos meninos mais crescidos.
O S. Pedro, normalmente, por esta época do ano, brinda-nos sempre com um fim de tarde ventoso, mas o espectáculo faz-se.
E é ver ritmos alegres aliados à sensibilização ambiental, mensagens de amizade tropeçadas numa coreografia que à última hora se esquece, bebés que não gostam de ter de ficar tanto tempo ao colo, salas inteiras que funcionam na perfeição, enquanto outros alunos se perdem nos ziguezagues tantas vezes ensaiados.
Faz tudo parte da festa e, como em todas as ocasiões, a escola realiza aquilo que me fez apreciá-la desde a visita em que fui, pela primeira vez, conhecê-la: não se limitando a exibir o estatuto de eco-escola, ela promove o ensino da preservação do ambiente e envolve os encarregados de educação nas iniciativas escolares dos miúdos.
Assim, hoje, ao fim da tarde, lá voltarei eu à escola.
Atenção: eu digo "voltarei à escola", não "vou à escola", porque ir, vou diariamente. Não é isso.
Refiro-me mesmo a voltar à escola. Estar no ginásio, a ouvir as orientações de quem coordena os ensaios e treinar, uma vez mais, a coreografia que irei executar em conjunto com outros familiares de bebés da sala da minha filha.
Não sei se haverá muitas escolas que o façam. Alguém saberá dizer-me?


14 comentários:

Patti disse...

Também é o santo daqui.

Vejo várias escolas empenhadas com as festas e onde os miúdos fazem as próprias máscaras e desfilam pelas ruas. Principalmente as escolas primárias.

Boa festa!

São disse...

Será que a tua filha é minha colega?
As instituições que trabalham com crianças em idade de jardim de infância costumam ter actividades deste tipo, de modo geral.
Tudo de bom.

Maria, Simplesmente disse...

Olá!
Então vamos ter fotografias das marchinhas de S. Pedro?...
Ainda me lembro quando no "meu bairro" fazia festões e bandeirinhas para enfeitar os mastros, onde passavamos as noites dos Santos Populares a cantar e dançar, sem nos doer os pés e a garganta. "Volta para trás tempo..."...
Ninguém me ouve!
Beijos
D
Maria

Maria, Simplesmente disse...

É verdade, também é o Santo desta terra, mas não dou por isso, ou por outra... tanto se me faz.
Bj

Sophiamar disse...

Filoxera:

Quanto à pergunta que fazes não te sei responder mas aqui perto havia uma escola que fazia um arraial de S.João em que os pais participavam cantando, marchando, com os meninos e professores. Não sei se a tradição continua mas se for o caso disso arriscam-se, cada vez mais, a uma noite de frio e de vento. Raro é já aquele cair morno da noite com a brisa a tocar-nos na pele qual veludo.

Beijinhos

Maria, Simplesmente disse...

Resposta à Rua do Ouro:

E eu?...
Durante 22 anos foi uma das muitas, da Baixa, por onde todos os dias passava a caminho do meu emprego. É por isso que eu na Baixa me sentia em casa. Hoje sinto-me em "terra estranha". Do passado, nesta e nas ruas paralelas pouco resta, somente o "Grandela" e mais duas ou três. É a evolução... para melhor?
Já não sei nada.
Obrigada.

Anónimo disse...

Dos Santos Populares não me lembro, lembro sim dos desfiles no Carnaval, magustos no Sº Martinho (sem a água pé claro).
Mas como filha de alguém nascido e criado na Madragoa (para quem não sab um dos bairros tipicos de Lisboa) adoro ir até Lisboa na noite de Stº António mesmo com as sardinhas a 1,50 cada uma. Com estes preços até as festas populares passam a ser apenas para uma minoria!

Alexandre disse...

Aqui também é o S.Pedro e para mim - como todos os anos - as marchas já começaram pois sou eu que faço sempre a letra da marcha da escola do Duarte - este ano é sobre as profissões «As profissões do Seixal, que trazemos à memória, são riqueza tradicional, são parte da nossa história» é o refrão.

Tb sou o fotógrafo de serviço aos ensaios e dp às marchas que vão sair 3 vezes, a primeira já no dia 20.

Muitos beijinhos, Filoxera!!!

Carminda Pinho disse...

Amiga,
não te sei responder, pois há muito tempo que "saí" da escola.:)
Mas fico contente por saber que existem escolas assim...

Beijos e bom arraial!

Tiago. disse...

Por cá também é o S. Pedro!

Adoro as marchas e a procissão ;)

Tiago.

conhecimento disse...

Por estes lados não há especificas tradições de marchas populares, salta-se umas fogueiras, arranjam-se uns namoricos e pronto!
DIVIRTAM-SE!!!!

jasmimdomeuquintal disse...

Boas marchas, por aqui festejamos o S. João.

jo ra tone disse...

Bem,
Por aqui o
Santo António já se acabou,
o S. Pedro está-se em terceiro lugar
S. João S. João é este fim de semana.
Muita sardinha, muita música e grandes mergulhos no mar
Aproveitemos bem as festas dos santos populares.
Bjo

BlueVelvet disse...

Não sei, porque as minhas crianças já cresceram.
Mas acho essa ideia fantástica.
Diverte-te com a M...
Beijinhos e veludinhos azuis

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin