07 fevereiro 2011

A professora de dança disse que o meu filho foi um autêntico menino-ventania, nesta última aula.

Dança como se voasse, a uma velocidade comparável à do vento, em enredos que imagina rápidos, como a ligeireza com que joga à bola.

Parece voar sobre o Mundo, e eu sei o que é ser-se assim, sempre meio-cá, meio-lá. É querer aprender tudo o que nos ensinam, ao mesmo tempo que se segue um apelo interior para um mundo de criatividade.

Ele começou por dançar porque queria aprender hip-hop.

Hoje, dança porque interioriza todas as cadências. Os sons, as músicas, as letras. E dança-as também em ritmos lentos, mais introspectivos.

Ali, o seu corpo cria histórias, transmite emoções e inventa jogos que desembocam no abraço com que me recebe no final. A imaginação movimentando-se em prol das melodias.

Sei que as aulas de dança foram uma escolha acertada porque ele vive-as com um sorriso que lhe brilha nos olhos e se reflete na boca, de onde espreitam dentes definitivos e espaços provisórios.

(a irmã também dança, mas o post de hoje é exclusivamente para o menino-ventania; ela terá o seu noutra ocasião)

11 comentários:

Nenúfar Cor-de-Rosa disse...

Mãe orgulhosamente e com toda a razão, babada!que bom!! E a gente sente-se crescer com o crescimento deles e a alma "incha" com estes feitos :-))

Alex disse...

Maravilhoso (s) !!!

Jony River disse...

Giro...menino-ventania....gostei....digno da tua escrita....bjs

Pena disse...

Oh, Doce Amiga:
"...Hoje, dança porque interioriza todas as cadências. Os sons, as músicas, as letras. E dança-as também em ritmos lentos, mais introspectivos.

Ali, o seu corpo cria histórias, transmite emoções e inventa jogos que desembocam no abraço com que me recebe no final. A imaginação movimentando-se em prol das melodias..."

Que "coisa" mais linda, terna e adorável, o seu filhinho.
Parabéns pela pureza e beleza que transmite.
Fantásticos, mãe e filho.
Adorei.
Comoveu-me, sabe?
Nem sei que dizeer mais pelo encanto de si.
Um Beijinho aos dois.
Sensibilizado e grato.

pena

Lindos. Extraordinários e perfeitos.
Fico-lhe grato por tanta delícia.
Fabulosa.
Um texto sublime.

Antonio Saramago disse...

Menino voador com as asas que a Mãe lhe deu!
Mamã babada e orgulhosa dos frutos dados pelo seu ventre!
Voa tu também nas asas da felicidade!

São disse...

Se o teu filho dança +por paixão, então permite-lhe voar até ao aximo do seu horizonte. Poderá ser ou não um nome marcante, importa que seja felzi e d~e o seu melhor.

Beijinhos para ele e um abraço para ti.

Braulio Pereira disse...

os meus parabéns

aos dois

de alma ilumindada

nasceu uma estrela


beijinhos!!

© Piedade Araújo Sol disse...

a mãe babada pelo menino ventania!

beijo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Que continue a voar até onde as asas do sonho o queiram levar.

bettips disse...

Descobrir as tendências dos nossos filhos! Acompanhá-los e dar-lhes confiança.
Que belo é esse papel: e que orgulhosa te deves sentir (apesar do pesadelo da ausência que volta e retorna).
Parabéns pela energia de ser mãe inteira!
Bjs

Sofá Amarelo disse...

As vocações só se descobrem quando se dá a oportunidade às crianças... ele está na idade de experimentar e de... optar!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin