20 fevereiro 2011

Bordado na minha pele, eras manta que me cobria, num toque de flores.
Agora, sinto frio...

9 comentários:

Rogério Pereira disse...

Cheguei
Sou o sol
Não me posso demorar
deixo-te um meu raizinho
para te aconchegar

ANTÓNIO disse...

Que bela imagem
Que bela simbologia
Que bela és...
Poesia...

O teu amigo
António

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite, amiga!

Depois duma prolongada e forçada ausência

aqui estou de novo, aos pouquinhos,

a visitar os amigos.

Saudações minhas

Nilson Barcelli disse...

Uma manta quente dá sempre um chega para lá ao frio...
Beijos, querida amiga.

Luis Eme disse...

expressão poética muito bonita.

beijinho Filoxera

Cata- Vento disse...

As metáforas na poesia são recurso expressivo que lhe dá um toque muito especial.

Bem-hajas!

Beijinhos

Maria João disse...

As ausências que nos gelam sem perfume...

Um beijinho

momo disse...

que bonitooooooo

Valquiria Calado disse...

Acontece... e o frio pode ter sido antes, cade a coberta?

boa semana, bjos.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin