07 outubro 2008

A derradeira derrota

(foto do André, patente em http://www.flickr.com/photos/andreamaral)

"Todos temos um sétimo selo para quebrar, um destino à nossa espera, um apocalipse no fim da linha. Por mais êxitos que somemos, por mais triunfos que alcancemos, por mais conquistas que façamos, para a última estação está-nos sempre reservada uma derrota. Se tivermos sorte e nos esforçarmos por isso, a vida pode correr bem e ser uma incrível sucessão de momentos felizes, mas no fim, faça-se o que se fizer, diga-se o que se disser, aguarda-nos sempre uma derrota, a mais final e absoulta de todas".

(in O Sétimo Selo, de José Rodrigues dos Santos)

8 comentários:

Patti disse...

Depende do ponto de vista, mas eu acho que a morte é desnecessária, mesmo que a vida tenha sido a mais feliz de todas e vivida intensamente.

pikenatonta disse...

Gostei de ler... Talvez um livro a ler futuramente? Vale a pena?

Beijinhos **

Maria disse...

Não lhe chamaria derrota, mas a certeza certa do que acontecerá, um dia...

Beijinho

Maria, Simplesmente disse...

Neste mundo não há nada que não tenha um fim.
Tudo o que nasceu morrerá.
Tudo o que foi criado desaparecerá, a própria terra, o próprio Sol de que a Terra necessita para viver.
O fim pode ser mais ou menos violento, mais ou menos suave, mais rápido, mais demorado, mas chegará.
Para mim, nem eu quereria durar eternamente. Quanto ao "Sétimo Sêlo, não o li. Tenho ainda para ler "A formula de Deus".
Comecei a embirrar com aquela "piscadela de olho" do seu autor, com o seu blog escrito em inglês, com certas coisas que agora vejo melhor.
Isto é talvez porque eu não seja tão culta, tão entendida no que se passa nas altas esferas da intelectualidade portuguesa, admiro os simples, admiro aqueles que são sonhadores e batalham para viver esses sonhos ainda que não consigam totalmente, mas não esperam mais que isso, viver transmitindo aos outros as suas experiências, adquiridas à sua própria custa.
Talvez eu esteja errada, mas parece-me que não.
Um abraço
Maria

Antonio saramago disse...

É a única coisa que temos CERTA na vida!!!

elvira carvalho disse...

Ainda não li apesar de já o ter comprado, mas para ofertar à sobrinha que andava desejando lê-lo.
Um abraço

Alexandre disse...

Nem quero pensar nessa derrota mas que um dia vamos ser derrotados, vamos! Não sei se será justo ou não, mas talvez seja a nossa missão, navegar por aqui e depois esfumarmo-nos no meio de um qualquer nevoeiro... dá que pensar, ou o melhor é não pensar, se calhar... quem não pensa não sofre!!!

Muitos beijinhos, Filoxera!!!!!

gaivota disse...

gosto muito da escrita do zé rodrigues dos santos, e a tua foto está muito linda!
vim deixar um beijinhos nesta tarde de outono nesta breve visita que ainda não tinha acontecido a esta casa...
beijinhos

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin