21 abril 2009

Foi há três anos.
À noite, despediste-te duma vida que já não era vida.
Deixaste-me órfã de pai, continuando a acompanhar-me a cada minuto, porque foste um pai extraordinário.
Curiosamente, também eu estou a largar uma vida que já não era vida. Mas para começar de novo. Contigo no coração e com muitos amigos a ajudarem-me. A todos eles, que não vou nomear pelas razões que sabes, sei que estás grato, tal como eu estou e estarei sempre.
Orgulho-me de ti. Contigo aprendi a verticalidade. A coragem, a determinação.
Até um dia, pai...
(há um ano, o post foi mais "leve", mas hoje não tive essa capacidade...)

11 comentários:

São disse...

O teu post é o eco do meu...ou vice-versa.
Por isso, minha querida, aqui te deixo um apertado e solidário abraço.

E também o sincero voto de que a vida agora recomeçada te seja fiel aos sonhos.

Deus esteja contigo!

BlueVelvet disse...

Deixo-te um abraço muito apertado.
Beijinhos

1/4 de Fada disse...

Deixo-te apenas um beijinho, as palavras são escusadas.

Maria disse...

Presente!
Um abraço enorme...

Maria, Simplesmente disse...

Um abraço Filoxera.
Maria

elvira carvalho disse...

Minha querida, eu nem sei que lhe diga. Como sabe acabo de perder o meu, e já me dói tanto a saudade.
Ontem era o dia do seu aniversário e levei o dia a chorar.
Queira Deus que esse começar de novo seja para uma vida mais feliz e realizada.
Tudo de bom amiga.
Um abraço

Carminda Pinho disse...

Estou aqui!

Beijos

Vekiki disse...

Beijos muitos
Abraços apertados
O silêncio que se impõe nas alturas em que qualquer palavra é demasiada

Patti disse...

Palavras sempre muito difíceis de deixar, até porque as tuas tão sentidas, chegaram até ele de certeza.
Um beijo grande.

Gi disse...

Um beijinho, menina.

Neste dia é o meu dia de aniversário, sabes? Vou-te dizer outra coisa: no dia em que nasci morria a mãe do meu pai; dela herdei o nome.

Um abraço apertadinho.

f@ disse...

Sempre a c o r agem...
beijinho

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin