30 dezembro 2011

Vida suspensa




Fecho os olhos, tentando inspirar o ar que me
foge. Sufoco na mágoa que me obriga a viver, hoje.
Dispo-me como se o teu sorriso me tivesse
brindado, Deito-me na sintonia memorável do amor celebrado.
Percorro-me, com dedos saudosos do teu corpo
despido, Inventando razões para, sem ti, a vida fazer sentido.
Choro a dor da ausência, num buraco negro
medonho. Porque perder-te, meu amor, é abortar um sonho.

14 comentários:

São disse...

Minha linda, que nenhum sonho teu se aborte e que que 2012 te seja tal e qual o esperas.

Um enorme abraço para ti e para as tuas crianças.

Braulio Pereira disse...

olá minha amiga

eu aprendo de ti.. vamos seguir de mâos dadas un novo ano ...obrigado por seres minha amiga compartimos doces momentos. desabafamos. damos amor e poesia.

tudo do melhor no 2012

beijos !!

Pena disse...

Oh, Maravilhosa Poetiza Amiga:
Fiquei pasmo. Só pasmo perante tanto encanto, ternura e pureza dos seus versos deliciosos. Sensiveis. Perfeitos.
Bem-Haja, pela ternura e beleza de si.
Adorei imenso. É linda, sabia?
Um Excelente Ano Novo de 2012 para si e para os seus em alegria e felicidade.
Tenho um carinho especial por si, desculpe.
Beijinhos de amizade cristalina e pura.
Com respeito e sempre a admirá-la imenso.
Agradecido pela magia no meu blogue só sua pertença.

pena

Incrível de beleza imensa.
Adorei, com sinceridade e verdade.
É majestosa. Linda.

Pena disse...

Oh, Maravilhosa Poetiza Amiga:
Fiquei pasmo. Só pasmo perante tanto encanto, ternura e pureza dos seus versos deliciosos. Sensiveis. Perfeitos.
Bem-Haja, pela ternura e beleza de si.
Adorei imenso. É linda, sabia?
Um Excelente Ano Novo de 2012 para si e para os seus em alegria e felicidade.
Tenho um carinho especial por si, desculpe.
Beijinhos de amizade cristalina e pura.
Com respeito e sempre a admirá-la imenso.
Agradecido pela magia no meu blogue só sua pertença.

pena

Incrível de beleza imensa.
Adorei, com sinceridade e verdade.
É majestosa. Linda.

Carlos Albuquerque disse...

Gostei deste texto e da forma criativa como ao longo dele a palavra Suspensa se foi soletrando!
Bom ano para si e para os dois pirralhos.

Vieira Calado disse...

Boa noite, amiga!

Passo propositadamente para desejar

BOM Ano de 2012, para si os seus.

Saudações poéticas!

tulipa disse...

Chegámos ao último dia de 2011
Há quem diga que:
Um novo ano é sempre altura de balanço do que queremos e somos.
Pode ser...
Mas...
por mim vou esquecer a noite de 31 de Dezembro de 2011 - passagem para 1 de Janeiro de 2012

porque este ano 2011 foi o melhor dos últimos 6 anos da minha vida...

daí que eu vou fazer de conta que não há uma passagem,
mas sim que o ano de 2011 continua com 13, 14, 15 meses...
quero continuar a viver este sonho e ao mesmo tempo uma realidade que foi muito boa.

Para TI, que 2012 seja um ano de realizações e
de todos os sonhos concretizados...
de muita paz e amor.

Um beijinho com carinho

Maria disse...

Deixaste-me num dia de outono quase inverno. Sem avisares e sem que pudesse prever. A casa fortaleza ficou igual um tempo. Igual por fora e gelada por dentro.
Os dias passaram e tudo mudou. Da casa restam as paredes, ainda altivas, mas no chão só existem pedras. Entre as pedras os nossos corações.
Mais tarde percebi que a casa eras tu. E apressei-me a ir buscar, entre as pedras, o meu coração, que voltei a colocar no meu peito. Para te aquecer...

BRANCAMAR disse...

Minha amiga,

Desejo-te para 2012 dias felizes, toda a esperança e a realização dos teus sonhos e quanto ao resto...quanto ao que nos rodeia, havemos de em conjunto vencer essa batalhas.

Beijos
Branca

De Amor e de Terra disse...

Minha querida menina,
desejo-te que todas as grades da tua vida se quebrem, para que possas voar em liberdade.
Bjs.
M.M.

De Amor e de Terra disse...

Minha querida menina,
desejo-te que todas as grades da tua vida se quebrem, para que possas voar em liberdade.
Bjs.
M.M.

© Piedade Araújo Sol disse...

é preciso rebentar as grades...

um beij

Maria João disse...

Há coisas que precisamos deixar ir embora, porque precisam da liberdade de serem o propósito para que foram criadas. Nada é eterno, nem mesmo essa nostalgia que se sente ao libertar dos dedos o que precisa de encontrar um novo rumo. Suspensa... sim, mas apenas o tempo certo para olhar numa nova e mais ampla direcção.

É isso, para além de tudo o resto, o que te desejo. Em 2012 e em todos os anos da tua vida.

Beijinho grande

Lídia Borges disse...

Cada chegada terá de ser sempre ponto de nova partida, para que a viagem maior, a viagem da vida se cumpra por inteiro.

Um beijo

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin