06 novembro 2011

Lembrança


Revejo esse olhar malandro, menino saboreando de antemão a delícia que se anuncia.
Sinto (sinto-o sempre) o calor aveludado das mãos hábeis percorrendo o meu espírito enquanto me aquecem o corpo.
Repetidamente, adivinho-te o peito onde gostava de me aninhar, embalada pelo aroma das memórias mais inebriantes.
Uma e outra vez, a respiração e o dedilhar unem-se pelo ritmo das danças livres de roupas, ao som do riso terno e do desejo animal que tão bem conjugamos.
A urgência junta novamente peles que se complementam no hall, amparadas pela parede cúmplice de um querer inadiável. Inesquecível.
Há uma explosão de vontades, uma mística de mútuo conhecimento profundo, mais adivinhado que vivido, conducente a um estado de alma tão sublime quanto o prazer físico.
E sei-me viva porque pulsa cá dentro, hoje e sempre, a lembrança de nós…

8 comentários:

BRANCAMAR disse...

Lindíssimo! Como diz o título do teu blog: escrito a quente.

As boas vivências, as coisas belas da vida vão sempre connosco, estejemos onde estejemos e é bom quando não as negamos e as sabemos acarinhar, mesmo que sejam longínquas.
O estado de alma é sempre sublime quando o coração que acolhe a vida é doce.

Beijos para ti e um resto de bom Domingo.

Branca

Luis Eme disse...

a memória é um dos sinais de estarmos vivos, Filoxera. :)

beijinhos

Maria disse...

Há memórias que eu não quero ter. Porque a dor que trazem é muito superior ao efémero momento em que fomos felizes...

Beijo.

Pitanga Doce disse...

Esqueceste de mencionar um vão de escada, menina. Um vão de escada...

Braulio Pereira disse...

olá ternura

estou recem vindo estive por terras lusas sem entrar na net...

que bom que estamos otra vez de mâos dadas lado a lado..

cantamos a vida é bonita é bonita!!

beijos querida amiga!!

elvira carvalho disse...

Felizes dos que ainda têm memórias.
Um abraço

Carla disse...

e que essa lembrança permaneça viva dentro de ti, pelo menos enquanto te fizer feliz
deixo-te um beijo amigo

Maria João disse...

Pele e alma de mãos dadas a protegerem o lago salino dos olhos.

Tão belo o que escreveste!!!


Um beijinho muito grande :-)

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin