08 março 2013

No dia da mulher. Que é, como todos, também dia do homem



No dia da mulher…

Não me dês palavras. Rouba-me uma dança.

Não me elogies. Faz com que eu me aperceba que me admiras.

Não me desejes um dia feliz. Sê feliz comigo.

Não me perguntes pelos filhos. Sussurra-me mundos não sonhados.

Não me leves jantar. Dá-me à boca a gula partilhada.

Não tomemos um copo num bar. Faz do meu umbigo a tua taça.

Não me fales do mundo. Inventa comigo um universo nosso.

Não me ofereças um perfume. Tatua o teu aroma em mim.

Não me presenteies com nada de material. Só te quero a pele.

Não esperes que te responda. Cala-me com um beijo quente.

5 comentários:

Mel de Carvalho disse...

Excelente, Filó. um beijinho e que tudo se realize de acordo com o que desejas.

Mel

Rogério Pereira disse...

No intimismo do teu universo
Falta-te um verso
que nos leve à memória

Filoxera disse...

Excelente, a tua sugestão, Rogério.
:-)
Obrigada.
Beijos.

São disse...

Lindo, mesmo!

Que assim seja, agora e sempre!

Um abraço.

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente....
Cumprimentos

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin