25 julho 2011


Se soubesse escrever, deixaria hoje aqui todas as palavras feitas de estrelas.
Nasceria neste espaço um firmamento de emoções só teu, nascido dos momentos foram nosos e que ficaram.
Se tivesse força, gritaria. Duma margem para a outra. Gritos de saudade e de dor. De angústia e solidão.
Se ainda houvesse taças feitas de flores, brindaria à nossa alegria, ao brilho nos olhos do futuro, a todos os ocasos de esperança amarrotada.
Se ainda pudéssemos olhar as estrelas juntos, saberias que eram holofotes apontados à vida, satélites habitando um espaço de sentimentos.
Mas eu já não sei escrever, as emoções desbotaram, a voz foi engolida pelo cansaço, as flores murcharam. E as estrelas esconderam-se.
Também só agora me dei conta que tu nem deves saber ler-me…

9 comentários:

Mel de Carvalho disse...

Filó, Agostinho Silva disse um dia que muitos levam a vida inteira a juntar letras e isso é muito diferente de saber ler... (o pensamento é este, não serão exactas as palavras, não estou a citar). A questão é muito por ai - não saber ler!

Sabe que me enternecem as suas palavras?
Beijo
Mel

Maria disse...

Arranco de mim memórias que me fazem perder as palavras. Porque o que quero mesmo é continuar a respirá-las e a bebê-las. Todas as noites ou todas as madrugadas.
Arranco de mim momentos que pensei serem os nossos. Porque foi apenas na minha imaginação que eles existiram e tu não estavas. Em cada curva do meu caminho que era nosso.
Arranco-te de mim, por fim. E nem sabes como me sinto bem, assim...

Beijo.
(pró que me havia de dar...) :)))

De Amor e de Terra disse...

Minha querida Menina, tenho a certeza que essa carta, se não for lida por quem "de direito", será outro o felizardo a "saber e poder lê-la".
Bjs.
M.M.

Chousa da Alcandra disse...

E, incluso sabendo escribir, sabes debuxar tamén as emocións entre liñas.

Beijos dende o día do Sant-Iago

Braulio Pereira disse...

olá

apaixonadas letras..
perfume de rosas ao vento...
tens alma de poeta..
choram estrelas do teu lamento.

Braulio.

beijo!!

Jony River disse...

Podes ter a certeza que, mesmo que não saiba, alguma coisa lá há-de ficar....não tenho dúvidas.......keep on going!!

N. Barcelli disse...

Mas tu sabes escrever...
E há muito sentir neste texto.
Beijo, querida amiga.

© Piedade Araújo Sol disse...

Filo

um texto muito belo que me enterneceu.

e tu sabes escrever (até muito bem)

um beij

albana disse...

acho lindo!!!

Gosto muito de vir aqui!

beijinho

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin