31 maio 2008

Sugestão para o Dia da Criança


O cinzento do dia transferiu-se para o meu interior.
Já era cinzento a mais para o meu gosto. Ou tomava uma atitude rapidamente, ou sentir-me-ia afundar.
Levantei-me da inércia, disposta a deixar para trás a "telha". Ela que ficasse trancada em casa; eu, iria buscar o meu filho à escola mais cedo. Iríamos ambos à biblioteca.
Como qualquer criança, o Vasco, pode às vezes, chegar a ser cansativo. Mas não deixa de ser a melhor companhia quando toca a afugentar a neura.
Passei pela escola num voo razante; voltaríamos mais tarde, para o ensaio das marchas.
O percurso até à biblioteca foi medido em palavras cúmplices e planos de leituras e filmes.
Quando lá chegámos, à satisfacção do meu filho juntou-se a alegria que decorava as paredes da sala de conferências. Decididamente, a iniciativa de ir ali tinha sido a mais acertada.
De alto a baixo, cobrindo todas as paredes, telas pintadas por crianças a partir dos 2 anos deixavam-nos boquiabertos. Era tanto o colorido como a beleza. Aliados às cores, havia os materiais reciclados que compunham as obras infantis: tampinhas, conchas, areia, pausinhos, caricas, diversoso tipos de papel moldado. Saboreámos cada tela, lamentando apenas não ter possibilidade de fotografar aquele espectáculo.
A seguir, o périplo habitual: cada prateleira de filmes e de literatura infantil, depois a passagem pela sala da gente crescida.
Das nossas escolhas desta vez, aproveito uma para destacar como oferta para este Dia da Criança: o livro "Meninos Iguais a Mim", editado pela Civilização, e colaboração com a Unicef. Um passeio pelo Mundo, de mão dada com crianças dos diferentes pontos do globo, ricamente ilustrado com fotografias destes pequenos protagonistas, suas famílias, casas e ambientes de vida. Escolas, alimentação, animais, brinquedos, numa apresentação muliticultural que fará desta leitura uma agradável viagem partilhada com os nossos miúdos, sejam eles filhos, sobrinhos, afilhados, enteados, primos, vizinhos ou amigos.

4 comentários:

Tiago' disse...

Uma ida à biblioteca é sempre mágica, quanto mais ao lado de um filho a ver uma esposição de pinturas infantis!! Imagino!

Beijinhos para as tuas crianças no dia da criança :)

Tiago.

jasmimdomeuquintal disse...

Feliz dia da criança...

Sophiamar disse...

Como sempre, encontro aqui a escolha mais acertada, a que está mais de acordo com os pontos de vista que defendo. Comemorar estes dias não é consumir. É olhar o que nos rodeia, é olhar para dentro de nós, é dar um sentido à vida que se coadune com os valores de respeito, tolerância, solidariedade, convívio social que apregoamos. Estes e outros pontos de vista não podem passar de meras declarações de intenções. Tu pões em prática.
Excelente!

Mil beijos, amiga!

BlueVelvet disse...

Aqui está uma das características que mais admiro em ti:a força.
A força para dar a volta por cima, para vencer a inércia da monotonia dos dias, para nunca desistir.
De ti sempre se dirá que és uma vencedora, independente de tudo.
Que os teus dias deixem de ser cinzentos, rapidamente.
Beijinhos amiga

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin