26 maio 2008

Aos cinco anos e meio...

... a imaginação corre tanto como as pernas.
Com cinco anos e meio, os olhos acompanham a boca num sorriso corrido para os braços da mãe, quando chego à escola para ir buscá-lo.
É tempo de brincar à descoberta das palavras "iogurtes", "pão", etc, na lista de compras.
Com cinco anos e meio, vê, à tarde, um paquete no mar e o pai diz-lhe que se dirige para Sul. À noite, de repente, pergunta: "já chegou lá, ao Sul?".
Nesta idade, quer aprender a jogar xadrêz, mas não aceita quando perde no jogo dos quatro-em-linha.
Com cinco anos e meio, cria arte nos vasos da mãe. Naif? Pós-moderna? Não interessa.
O que interessa é que me faz sorrir em dias não-sorridentes.

13 comentários:

DelfimPeixoto disse...

+E Artista, sim senhor

Maria disse...

Aos cinco anos e meio... é do melhor...
Aproveita bem, Filoxera, que eles crescem...

Beijos e um sorriso

Carminda Pinho disse...

Vão-nos valendo estes bocadinhos que, os nossos amores partilham connosco.:)
Mesmo nos dias mais tristes...

Beijos

BlueVelvet disse...

É isso amiga.
Eles trazem-te o sorriso e também a força e o ânimo.
Beijinhos e parabéns pelo 1º dente.

Pitanga Doce disse...

Não há quem nos tire o melhor sorriso do que eles. Aos cinco, aos oito, aos dez. Aí já começa a complicar e o sorriso mistura-se as caretas que fazemos quando eles querem o que não podem, depois quando saem de casa para estudar...
Ih, sabe o que te digo?

APROVEITA!!!!!!

beijinhos a ti e ao dono do sorriso

Partilhas disse...

por vezes conhecemos pessoas bonitas...que nos falam de coisas bonitas. Entre elas, o "escrito a quente", que corri a conhecer.
Boa escrita, com sensibilidsde e consciencia social, são atributos que me vão fazer voltar com frequência.
Vou agradecer à pessoa bonita...

amigona avó e a neta princesa disse...

Tens toda a razão amiga...tenho passado por aqui mas não deixo rasto...as coisas não têm estado fáceis...beijos e continua a viver os 5 anos e meio...é tão bom!

António Inglês disse...

Há lá coisa mais linda que cinco anos e meio...
Só não estou de acordo com essa de que a imaginação corre tanto como as pernas...
Eu acho que em imaginação ela corre nesta idade muito mais que as pernas...
Aproveite esses cinco anos e meio porque são de mesmo de aproveitar.
Um abraço
António

jasmimdomeuquintal disse...

Olha, não sei se o comentário foi editado ou não, o computador bloqueou. Fica apenas a ideia de que mesmo nos dias não sorridentes, ter um filho é motivo para sorrir, acordar e viver...

jo ra tone disse...

Enquanto são pequenos é tudo muito mais lindo...
Quanto mais crescidos maiores as preocupações

Beijo

Tiago' disse...

Aos quinze anos e pouco nota-se a mistura entre a nostalgia dos meus cinco e meio e a visão do futuro, quando os «meus» atingirem essa idade... como se estivesse próximo! :P

tiago'
beijinhoss

Patti disse...

Não concordo nada com o aproveita bem agora que depois crescem ou que estes são os melhores anos ou que os problemas duplicam etc.etc.

A minha filha tem 12 anos e em cada dia que passa, tudo o que ela me dá e me trás é sempre melhor que ontem.

Alexandre disse...

Também vejo muitos desses paquetes e quantas vezes penso também ter... cinco anos e meio! Como é bom ter essa idade e ter do nosso lado alguém que nos mima de uma maneira que só uma pessoa no mundo sabe mimar!!!

Muitos beijinhos, Filoxera! Aos teus meninos também!!!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin