20 fevereiro 2008

O Cubo Mágico


Gosto de me lembrar de coisas diferentes com que entreter o meu filho; às vezes, recorro às que a memória conserva, de entre os passatempos com que eu e os meus amigos nos entretínhamos "no nosso tempo", que é como quem diz, na nossa infância.
Ontém pegámos no Cubo de Rubik e consegui fazer uma face completa, como sempre consigo, mas desta vez com todos os lados adjacentes já alinhados na primeira "franja".
Como a minha mente nunca me permitiu avançar muito neste quebra-cabeças, lembrei-me de fotografar a façanha e aproveito para vos recordar este maravilhoso passatempo já caído em desuso, infelizmente.

4 comentários:

Anónimo disse...

Bemmmm, que saudades do cubo mágico e de mil outras brincadeiras.
Infelizmente hoje em dia os miúdos só gostam de coisas como play stations e afins.. mas sera que os pais lhes dão a conhecer outras brincadeiras?
Se calhar limitam-se a seguir pelo caminho mais simples.

Carminda Pinho disse...

Que saudades do tempo em que jogava o cubo mágico.
Já não o tenho comigo, não sei por onde andará. Mas que era difícil completar as faces todas, era.
Bela ideia!
Beijinhos

Pena disse...

Este Cubo Mágico adapta-se perfeitamente à sua deslumbrante magia de ser e sentir.
É puro. Lindo. Parece que regressamos à doce e terna meninice, ao maravilhoso mundo infantil de sonho.
Enternecedor e encantador.
É uma mãe sensível e maravilhosa. O seu filho deve ter imenso orgulho em si.
Para ele um beijinho também.
Para si, beijinhos de amizade que vivem de sinceridade pelo adorável ser que é.
Sempre a tê-la na maior estima

pena

Sophiamar disse...

Nunca tive paciência para este cubo mas o meu filho fazia-o rapidamente. Recuei uns aninhosssss!
Beijinhosssss

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin