05 junho 2010

Sonho meu


Os teus dedos percorrem-me como a um piano.

As minhas mãos pintam-te como a uma tela.

Que tocas com a impetuosidade de quem me sabe por dentro.

Que, traço a traço, se revela.

Melodia inebriante, conduz-me ao fogo que é teu.

Trago-te sempre em mim, sonho meu.

Que os nossos sussurros compõem a sinfonia

Em que os corpos se amam, dia após dia, em harmonia…

7 comentários:

gaivota disse...

dia após dia se vai sonhando, construindo o mundo, a vida, a harmonia...
beijinhos

Maria disse...

Bonita será a pauta... já que da harmonia não duvido...
;))

Beijos.

Antonio saramago disse...

Que cada dia que passa, seja para ti sempre um diade sinal mais!!!
Beijinho

Pena disse...

Estimada e Simpática Amiga:
Um delicioso e doce poema de amor de encantar e arrebatar.
Parabéns sinceros.
É muito bonito o seu talento e gigante sensibilidade.
Beijinhos amigos de respeito, estima e consideração.
Sempre a admirá-la e ao que concebe de forma terna e maravilhosa.

pena

MUITO OBRIGADO pela linda visita.
Bem-Haja, fabulosa amiga de há já muito tempo.
Adorei.

O Senhor. disse...

A escrita corre-te nos dedos, nos pensamentos, nas ideias, nas palavras que riscas como um andamento musical que perfuma a nossa alma. Parabéns. Carlos

paula barros disse...

Lendo seus poemas, escutando a linda música, viajando nas minhas lembranças.

Vendo as fotos dos seus filhos, observando os desenhos...lendo os poemas.

abraço

Sofá Amarelo disse...

"Os teus dedos nos meus dedos foram momentos tão breves que mais pareciam segredos do diário que tu escreves"... fizeste-me recordar algo que eu tinha escrito há um par de anos, par mulçtiplicado por vários, heheeh - bigado. Lindo os dedos que te percorrem como a um piano...

Muitos beijinhos!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin