09 setembro 2009

Setembro

Aproxima-se o Outono.
Para mim, apreciadora de dias quentes e noites calientes, é tempo de nostalgia.
A luz já não nos brinda tantas horas, o escuro vem mais depressa. Já não ficamos na praia até depois das oito e meia. Não sentimos mais que temos todo o tempo pela frente.
A época escolar está prestes a ter início, o Verão em vias de terminar.
Ficam as cores, o cheiro da maresia, que se mantém ao longo do ano.
Fica a memória dos grãos de areia entre dedinhos dos pés, que sentiremos ainda umas quantas vezes.
O chapinhar de miúdos e os mergulhos dos graúdos. As gargalhadas e as amizades feitas na hora.
Acompanha-nos a lembrança das cumplicidades alicerçadas no calor dos finais de dia e nas horas nocturnas.
Em suma, o regozijo pelos laços criados, pelas oportunidades aproveitadas, pelas metas atingidas.
Já não temos o Verão pela frente; temos a vida toda.

17 comentários:

Maria disse...

Exactamente, temos a vida toda pela frente. Para dela fazermos o que quisermos.
Chegou o tempo de trocar a praia por um fim de tarde a 'canoar'... que tal?

Beijinhos

Carlos Albuquerque disse...

A vida, para quem a entende, é uma árvore bizarra de país tropical, como diz Alves Redol a propósito de personagem de um livro seu. E como são belas e amigas aquelas árvores com os seus aromas inebriantes e as suas sombras frescas e acolhedoras!
A vida não é bela? Então, quando a temos toda pela frente...
Beijinhos

elvira carvalho disse...

Ter a vida toda pela frente é muito bom...
Adoro Setembro, afinal foi o mês que me pariu.
Um abraço

Pitanga Doce disse...

Gosto de Setembro. Aí porque ainda se tem um restinho de Verão. Aqui porque ainda não terminou o Inverno mas já cheira a Primavera ou até Verão! Já se começa a ir à praia.

jo ra tone disse...

Para mim hoje ainda é Verão.
Esta um calor de rachar.
Resta-nos recordar os melhores momentos e como
"Temos a vida toda" pela frente para trabalhar (pr´ó boneco, e esperamos que venham novos verões.
Beijinho

Carlos Albuquerque disse...

Viva!
Tenho algo para si no meu blog. Passe por lá. Se o quiser aceitar leve-o.
Beijinhos

tulipa disse...

Tenho que, muito rapidamente divulgar a minha próxima exposição de fotografia.

Desta vez será no “Norte” a pedido de várias pessoas, em Fevereiro passado, quando foi a minha 1ª exposição individual aqui próximo de Lisboa, na margem sul.

Como gosto de desafios, houve “alguém” que me desafiou e disse que colaborava, nem pensei 2 vezes e decidi tratar do assunto em Abril passado.

Chegou Setembro e será a minha rentrée cultural.

Fica o convite para quem vive perto e noutros casos, em que a distância impossibilita a presença de tantos bloggers, fica a participação do evento.

Será muito próximo do Porto, em S. Mamede de Infesta.
Vou fazer hoje mesmo a divulgação no meu blog.

Beijos e abraços.

tulipa disse...

TEMOS A VIDA TODA PELA FRENTE
e
este
SETEMBRO
ficará para sempre nas minhas boas recordações, assim o espero!!!

Carla disse...

temos mesmo a vida toda pela frente, mas eu reconmheço que gosto mais dessa vida em dias quentes e compridos...cheios de luz!
beijo e bom fds

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belo post...Espectacular....
Beijos

De Amor e de Terra disse...

Olá minha linda, boa tarde; cheguei de mais uma ausência...
Gosto do Outono; não só por dizer com a minha idade, mas também porque sou do tempo morno, das core suaves, dos tons pastel, apesar de às vezes, só às vezes, as minhas cores serem pintadas a "quente" e os poemas também.
Um beijo de saudade e amizade

Maria Mamede

Fa menor disse...

Setembro e água, estão bem um para o outro :)

Bjins

Sofá Amarelo disse...

Não sei porquê mas também gosto do Outono - não só por eu ter nascido nesta estação mas porque é uma época de renovação.

Muitos beijinhos. Bom Domingo!!!

Maria, Simplesmente disse...

Pois é Filoxera, mais um Outono está a chegar e para mim o que detesto são os dias pequenos e as noites grandes. Mas... o tempo passa rapidamente e outro Verão chegará.
Beijos
Maria

Goldfinger disse...

Olá Filoxera

Chegou o Setembro é verdade. Chegou a nostalgia e com ele voltei eu.Aproxima-se uma época do ano de que gosto muito. É o cair da folha, os dias mornos, o cair da folhagem que muda de cor e nos vai dando aquele ar meio "apardalados" de quem se perde por entre as nuvens...
E temos mesmo a vida toda pela frente!
Gosto de a sentir assim.
Espero estar perdoado pela ausência quase total mas a vida não tem sido fácil.

Mas hoje é um outro dia, o primeiro dia do resto das nossas vidas, e há que saber aproveitar.

Tudo de bom para si.

NOTA:
(Espero que se esteja a dar bem na nova actividade. Isto está um bocado parado, embora sinta por aqui um leve esboçar de renascimento. A ver vamos)

Abraço de carinho e amizade.

António

Oliver Pickwick disse...

Quanta disposição e otimismo. Gostei! Dessa maneira, é capaz de enfrentar até Invernos siberianos. Keep the beat!
Estou de volta.
Um beijo!

P.S.: Uma curiosidade. A fotografia da casa que ilustra o post "Foi assim, o meu fim-de-semana", mesclada de elementos da arquitetura neo-colonial, é o padrão das residências de campo aqui do Sul da Bahia nos tempos áureos da cultura do cacau. Até nas cores, portas e janelas azuis, paredes brancas.

Oliver Pickwick disse...

P.P.S.: ... e piso em terracota.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin