27 março 2009

(foto minha)
Despedimo-nos no Outono, num dia de luz magnífica, que até o ferro e o cimento vestia com tonalidades de talha de igreja. Sentados no banco de pedra, no jardim brindámos à vida e à amizade. Conversámos com e sem palavras. Enchemos a alma de cor, risos, e da réstia de calor que antecede o Inverno. Depois, chegou a hora do adeus. O abraço foi mais demorado. Não muito, uma fracção de segundo, tanto tempo, o espaço exacto que medeia entre a vida e a morte. Até…, disse-lhe. Virei costas, não mais o vi. No entanto, poderia jurar que ainda lá está, tenho a certeza de que ainda lá está, sentado no mesmo banco do jardim, de cara virada para o sol, olhos fechados, gozando um dia em que, de tão perfeito, é uma imitação do paraíso. Decerto aguarda o som dos meus passos, a voz do seu médico. Faz bem em esperar, porque, se Deus quiser, um dia vou fazer-lhe uma visita.

(Nuno Lobo Antunes, in Sinto Muito)

12 comentários:

BlueVelvet disse...

Também li este livro e fiquei muito impressionada e comovida.
É na verdade, uma ínclita geração.
Beijinhos amiga

Vekiki disse...

Este é um dos que vou comprar a seguir ;) Maravilhosos Irmãos L.A.!!! Beijos p'ra ti :)

Maria disse...

É um livro especial, de uma pessoa especial, oriunda de uma família especial...

Beijinhos e um abraço forte

Meg disse...

Filoxera,
Não li ainda o livro mas gosto muito do Lobo Antunes.
Este excerto que nos mostras é simplesmente comovente.

Bom fim de semana.

Um beijo

Pipinha disse...

Querida amiga, vim finalmente pôr a leitura em dia.
Não li o livro, mas gostei muito deste bocado. Adorei a frase que sublinhaste: "Conversámos com e sem palavras"!
É maravilhoso conversar com o olhar, com o sorriso, com gestos, com calor humano, com abraços...
Mesmo que seja sem dizer nada, valem muito!
Gostei das fotos da "Inbicta",da bonequinha e do teu post a brincar com as palavras!
Força, linda amiga!
Bom fim-de-semana com muito carinho, paz e alegria.
Beijinhos carinhosos e abraço meiguinho.

Peter Pan disse...

Linda Amiga:
Uma despedida comovente.
Sensível Repleta de ternura e carinho.
Bem-Haja!
Beijinhos amigos de uma admiração ímpar...

p.p.

A.S. disse...

Filoxera,

Belissima obra! Lê-se de um só fôlego!
Uma excelente sugestão de leitura.


Um beijo... e bom final de domingo!

Patti disse...

Este Sentir Muito, foi de tal maneira que teve de o colocar em palavras.

Sofá Amarelo disse...

Um excerto mágico escrito com palavras de Outono.... na Primavera!!!

AF disse...

que bom já poder voltar aqui!
beijinhos

Carminda Pinho disse...

Já tinha passado por aqui, mas não me apeteceu escrever.
Tive conhecimento deste livro, através do próprio autor numa entrevista que deu há uns meses.
Fiquei de tal modo, que não fui capaz, nem de desfolhar o livro, na livraria.

Beijos

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, belas palavras de outono...na primavera...Espectacular....
Beijos

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin