10 novembro 2008

Dá-me um sinal, se puderes...


Quanto mede a angústia?
A que distância se encontra a indignação?
Quanto pesa a solidão?
De quantos dias é feito o cansaço?

12 comentários:

Filoxera disse...

Amiga, continuo a pensar em ti. Sabes isso, não sabes? Apesar de não ter varinha de condão, digo-te que não paro de pensar. E de sentir.
Só lamento não poder resolver as tuas questões...

Antonio saramago disse...

Partiu-se-me a fita métrica: (angústia)
A estrada não tem fim:(indignação)
A Balança está sempre avariada:(solidão)
Não há calendário que consiga acompanhar:(cansaço)

Maria disse...

Vinha toda lançada para te comentar, mas depois de ler o teu comentário, e de saber do que falas, não tenho nada para dizer...

Um beijinho para ti

AnaMar disse...

O cansaço é feito da angústia da indignação e da solidão que insiste em permanecer.

Desejo que passe depressa.
Bj

António Inglês disse...

Angustia? Incalculável...
Indignação? Tão perto por vezes...
Solidão? Uma enormidade...
Cansaço? Depende das circunstâncias...

Um abraço e uma boa semana
António

Carminda Pinho disse...

Porque será, que sei porque fizeste este post?

Às tuas perguntas, nem me atrevo a responder aqui...

Beijos, linda.

BlueVelvet disse...

Estou aqui, amiga.
Obrigada pelo teu post.
Um grande abraço, apertadinho

Oliver Pickwick disse...

Infelizmente, nem a Física - a minha ciência favorita, conhece tais respostas.
Contudo, junto-me ao seu desejo de que tais aferições na vida da nossa amiga, em breve, sejam mera curiosidade.
Um beijo!

Pitanga Doce disse...

Nada disso se mede ou pesa ou conta. O que sabemos é que custa tanto a passar!

Sei de quem falas.

beijos

bettips disse...

Pode durar uma vida: como dizes, temos de fazer o que está ao nosso alcance.
O ainda mais um pouco, possivelmente.
Bj

Odele Souza disse...

Não tenho as respostas, infelizmente, tenho em mim, dia a dia, minuto a minuto, de forma muito intensa, todos os sentimentos que geram as tuas perguntas.

Um forte abraço.

Alexandre disse...

Questões pertinentes que tantas vezes faço a mim próprio tb...

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin