26 agosto 2008

Matar saudades

(foto minha, andando de bicicleta em Inglaterra -Werrington, Peterborough- em Agosto de 1993, a última vez que me recordo de ter pedalado antes do passado Domingo)

Diz a canção que dez anos é muito tempo.
Pois eu, no passado Domingo, matei saudades de algo que não fazia há década e meia: andar de bicicleta. Foi fabuloso! Quis logo publicar um post acerca deste "feito", mas decidi esperar até poder digitalizar a foto da última vez que me recordo de ter pedalado.
Levei uns momentos a adaptar-me à bicicleta. A minha memória distante devia ter gravadas outras dimensões. Também ainda não tinha andado numa bicicleta com mudanças.
Mas pode dizer-se que me saí bem.
Soube a pouco. Pelas saudades que tinha, pelo facto de me ver, em três semanas, pela primeira vez livre da função de mãe (ainda que só por um bocadinho), pela sensação de liberdade sobre duas rodas.
Agora, nada me pára.

14 comentários:

BlueVelvet disse...

Querida amiga, tens razão: dez anos é muito tempo.
Tanta coisa acontece em dez anos!
Mas se agora ninguém te pára vai ser complicado, porque tu mesmo quando estás parada fazes mil coisas. Imagina a andar...
Beijinhos e cuidado com a velocidade

Maria disse...

Só espero que não levantes vôo....
:))))

Beijinho, a correr :)

Patti disse...

Agora que falas nisso.....

bettips disse...

Grata pela passagem: os parabéns foram para o PPP, 2 aninhos de fotos e palavras.
Óptimo que o filho veja a desenvoltura da mãe, eles puxam-nos "para cima"!!! E reviver algo que se gosta é bom.
Abç

em azul disse...

É realmente muito bom. Não páres, mesmo!
Abraço

Pena disse...

Linda Amiga:

Andar de bicicleta é muito bom.
Dá-nos uma sensação de liberdade.
Achei óptimo, sensato, adorável, o gesto, até para "descansar", (Nunca se descansa) de ser mãe, segundo percebi.
Bem-Haja, amiga!
Beijinhos

pena

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga, bela foto de um tempo sempre actual... Diz o velho ditado que andar de bicicleta nunca se esquece... Bons passeios!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Daterra disse...

obrigado pela participação.

tentarei ler este blog com mais atenção.

grato,

Lécio

f@ disse...

Andar de bicicleta nunca se esquece... e por agora até eu me lembrei da byke e dos esfolões nos joelhos...
belos passeios.. vento no rosto e belas paisagens...
beijinhos das nuvens

Sophiamar disse...

Sabe tão bem, ao fim da tarde, dar uns passeios de bicicleta! Faço-os de vez em quando e acabo sempre o dia muito bem disposta.

Beijinhos

Raphaela disse...

Isso é LIBERDADE, querida! Aproveite...

Rute disse...

Vim retribuir a visita e conhecer o seu blog!! Até à próxima!

Alfazema Azul disse...

Um passeio de bicicleta, de cabelos ao vento, num dia fresco de Verão jamais se esquece. Uma sensação de liberdade que sempre queremos repetir.

Beijinhos

Maria Jose disse...

Já lá vai o tempo em que andava de bicicleta, de mota, de patins,...
Agora, não sei porquê, só me vejo bem segura em cima de 4 rodas !...
Deve ser a velhice !... ;))

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin