21 dezembro 2008

Tempo de enviar cartões


Há hábitos que faço questão de fazer perdurar. Um deles é escrever.
Escrever via correio, note-se, já que as outras escritas são mais frequentes, aqui ou em bilhetes/recados.
Enviei os cartões de Boas Festas na semana passada, já fui recebendo alguns e este é um dos aspectos que aprecio no Natal.
Não sou das pessoas que vivem a quadra mais intensamente, mas sinto, em cada postal que envio ou recebo, que alguém investiu uns minutos a recolher umas palavras de atenção, a pôr em prática um gesto de amizade. A investir tempo (esse bem cada bem mais escasso...) em quem se gosta.
Não se admirem aqueles que, por acaso, possam ainda não saber que não costumo dar seguimento a apresentações de Boas Festas em Powerpoint. Muitas são as pessoas com quem falo ao telefone na quadra de Natal e Fim-de-Ano, escrevo a algumas outras, até deixo votos de Natal neste blogocanto. E ainda sou menina para mandar uns sms, que já não me agradam tanto, até porque às tantas já não se sabe a quem se mandou, respondeu, etc. Para não falar dos nomes trocados, quando há mais que uma Rita ou um Paulo, por exemplo.
Mas os cartões, esses aprecio-os tanto que os exponho na mesa do hall de entrada e conservo-os ao longo dos anos.
Relíquias? Não: sentimentos.

14 comentários:

BlueVelvet disse...

Eu também.
Tal e qual.
E até tenho uma coisa linda que trouxe de Nova Iorque onde os penduro todos.
O teu já lá está.
E olha lá o Avatar de Natal que fiz.
Lá no meu blog tens onde podes fazer.
Ho Ho Ho
Muitos beijinhos

António Inglês disse...

Amiga Filoxera

Amigo é luz...

Amigo não é aquele que ri com você.
E sim o que chora por você.

Não é quem acha tudo certinho
É quem mostra o errado que você não vê.

Amigo não é aquele que te ajuda
É o que te ensina a lutar sozinho,
Crescer e vencer...

Amigo é aquele que você estende a mão.
E pode alcançar, pedir perdão apenas com um olhar.

Pense e lute que você conseguira ter um amigo
verdadeiro, guerreiro e que traga luz para o seu coração.

Por que amigo é um anjo com a luz na escuridão.

Elliana Alves

Votos de um Santo e Feliz Natal.
Que 2009 seja bem melhor que 2008.

Um abraço
António Inglês

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amiga, gostei muito do teu texto... Votos de bom Domingo!!!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Patti disse...

Os sms são o que mais me irrita.

Cartões de Natal, gosto muito de enviar e receber, por serem personalizados e também os disponho na minha alreira.
Mas cada vez vou pondo mais de parte a tarefa de os enviar pois é muito pouco ecológico e encho os bolsos aos CTT, o que não em agrada de todo.

Vou sendo mais adepta do mail e faço questão de ter uma mensagem personalizada.

Telefonemas sempre. Tanto no Natal como no resto do ano, não é para mim só exemplo desta época.

Maria disse...

Já mandei cartões, em tempos.
Guardo todos os que recebi, guardo cá dentro todos os que mandei.
Como vou guardar o abraço que deixo aqui, para ti...

Beijos

tulipa disse...

Com o Natal à porta, os meus votos são:
Que nunca cesses de encontrar novas possibilidades na vida e em ti próprio.
Que mantenhas dentro de ti uma Paz que nada possa destruir.
Que o ano 2009 seja tal como desejas.

Beijos.

Girafa cor de rosa disse...

Ora aqui está uma coisa que tb eu faço questão de fazer - escrever postais de Natal! Já são raras as pessoas que o fazem, mas tb eu coloco-os (os que recebo) bem à vista, peças de descoração de Natal fundamentais na nossa sala:-), beijinhos e FELIZ NATAL!

Girafa cor de rosa disse...

Desculpa...leia-se "decoração" :-)!

Pitanga Doce disse...

Houve um tempo em que quando íamos montar a árvore de Natal, encontrávamos na caixa muuuitos cartões dos outros anos. Alguns ate´já amarelados. Agora não. As pessoas ou telefonam ou usam os Gmails ou os Igs ou Hots e por aí a fora.

beijos e BOM NATALLLLLLLLLL

Sofá Amarelo disse...

Tu sabes usufruir dos cartões, que bom. Ainda me lembro do tempo em que ficava dias inteiros a escrever cartões de Natal - agora os sms e os mails são mais fáceis mas tenho saudades desse tempo...

Vekiki disse...

Filoxera, junto-me a ti! Também eu não sou uma ferrenha do Natal. Quanto aos cartões, faço questão de os enviar, ano após ano, mesmo sabendo que não recebo quase nenhum...não me importo! O meu prazer é escrever. É demonstrar que me lembrei, que para cada um escrevi um postal diferente. O mail, o sms, o telefonema, são para o dia a dia. Os cartões que recebo são expostos junto aos presépios ou pelos móveis a acrescentar à decoração de Natal. Quando chegam os Reis, guardo-os todos.
Beijos

Si disse...

Todos os anos, por motivos profissionais, tenho que mandar 'resmas' de postais de Natal. Talvez por isso, não lhes dê grande valor e já não consiga achar as palavras certas para os escrever. Este ano, não mandei nem um. Vou personalizar vários mails e enviá-los a todos os que realmente me dizem algo.

De Amor e de Terra disse...

Olá Amiga, boa noite!
Gostei muito dos teus Postais.
Venho atrasada, como vem sendo hábito, agradecer a tua passagem e as tuas palavras.
Também ficam aqui registados, os meus Votos de Festas Felizes, no carinho que sinto por esta Amizade, ainda que virtual.
Beijos.

Maria Mamede

Maria Jose disse...

És uma querida !
Se não existisses, tinhas que ser inventada ! O mundo tem sede de pessoas fantásticas como tu !

Adoro-te !

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin