11 setembro 2007

Explicações difíceis

11 de Setembro é uma data marcadamente violenta.
Não sei como explicar, daqui por uns tempos, ao meu filho, os assassinatos políticos, as chacinas terroristas.
Sou levada do global (assassinato de Allende e atentados contra o país-símbolo EUA) ao particular e continuo a pensar qual a melhor forma de lhe explicar ou responder, no imediato, a questões como quando é que terei novamente um emprego, a forma como as sementes dos pais passam para as mães para originar um bebé, porque é que, às vezes, pai e mãe não devem continuar a viver juntos, porque é que a doença da tia é tão grave e ela vai ficar sem cabelo...

6 comentários:

Alex disse...

as tuas palavras dizem-me muito.

Adiante,
e sobre a vida
a "nossa" vida
que é essa que tentamos ultrapassar todos os dias ...
desejo que encontres um novo trabalho, ele há-de aparecer ... e eu costumo dizendo que "amando, educamos" ... tem resultado.
um beijo grande

Alex disse...

costumo dizer


atropelo as palavras quando me emociono:)




Ha! e podes tratar-me no feminino ...

Anónimo disse...

Quem disse que a vida é fácil!?
E infelizmente algumas coisas são mais fáceis de explicar do que outras.
Mas com o dom que tens para comunicar, aposto que te vais safar muittttttttoooooooo bem!

SOBE E DESCE disse...

Difícil é para ele entender
Entender o que é a vida até para nós é difícil e estou convencida que ao chegarmos ao fim partimos sem a ter compreendido.
Quanto a explicações... só o tempo e a própria vida lhe dará.
O que aconteceu conosco em relação à vida, por muito que gostemos deles e tentemos dourar um pouco uma pilula estremamente amarga,é o que irá acontecer com eles.
Olhando à sua volta não vê como ainda hoje há quem se debata com realidades incompreensíveis?
Ainda hoje não aceito nem entendo!
Só há uma coisa que sei: são muito duras as lições que a vida nos dá.
Um beijinho.

SOBE E DESCE disse...

Só mais uma coisa:
Diga a verdade embora aos poucos, mas não esconda porque eles isso naõa aceitam.
Não se esqueça que hoje eles podem ter ràpidamente, por outras pessoas as informações que a mãe não lhe der.
Eu sei que é corajosa e sincera.
Bj

Sophiamar disse...

A vida tem coisas tão difíceis! E tão injustas!As mães conseguem sempre as palavras mais adequadas e tu vais conseguir explicar-lhe tudo. No entanto, tal como nós, ele irá questionar-se a vida inteira se a sociedade em que vivemos continuar tão injusta quanto é.
Beijinhos

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin