26 novembro 2007

O momento mais romântico dos útimos tempos

Ontem.
Regressávamos a casa. Noite.
O carro subia a rua que antecede a nossa casa.
A lua, cheia, emoldurava o vidro da frente.
Na rádio, anunciavam o Jorge Palma. Encosta-te a Mim.
Parámos de imediato o carro. Ali, a poucos metros de casa.
Quedámo-nos no embalo doce da música romântica. No nosso calor.
E demos as mãos, numa pieguice linda.
Eu e os meus filhos.

28 comentários:

Sophiamar disse...

Tu e os teus filhos, os amores da tua vida. Há lá coisa melhor do que o amor que eles nos dão!
Mima-os. Este tempo passa depressa.

Mil beijinhossssssssssss

carla disse...

O Jorge Palma faz sempre esse efeito a tua filha???!!!!
...

a.filoxera disse...

Carla: não, o Jorge Palma não. O ciúme sim; nãopode ver o irmão agarrado a mim. Mimada!...

Carminda Pinho disse...

E muitos mais hás-de ter...

Beijinhos

Carminda Pinho disse...

:) tá!
logo, logo!

Beijinhos

Jasmim disse...

bom dia.
Obrigada pelas leituras no meu jasmim. gostei do teu post.
Vou par afora do país regresso pelo natal.
Bjocas

estrelanomar disse...

Momento de ternura...

Bjs

Pena disse...

Linda Amiga:
Um dos maiores gestos de amor que presenciei na vida.
Eu era capaz de fazer exactamente o mesmo.
Parabéns! Grandiosa atitude num fluir de palavras expressas muito sensíveis e de muita ternura.
Um Bem-Haja de encanto.
Beijinhos amigos de profunda estima

pena

Carminda Pinho disse...

Mas que surpresa!!!
Até pensei que me tinha enganado quando aqui cheguei. Lol
Agora a sério,
podes contar com "ela" sempre|
Salvaste-me o dia.
Beijinhos.

Flor Selvagem disse...

A minha fotografia foi tirada ontem de tarde, aqui muito perto.
Essas duas arvores desde há muito me põem em orbita, estou à espera que as folhas caiam completamente.
Para mim o nú das árvores é por vezes um espectáculo de que me custo a livar. Sou capaz de andar bons bocados para fotografar uma árvore nua.
É natural o ciúme de sua filha, o contrário é que seria de preocupar.
Bj

Luís Galego disse...

numa pieguice linda, uma pieguice que faz todo o sentido...

Sophiamar disse...

Amanhã respondo. Hoje, minha querida apetece-me hibernar.
Beijinhossss

Paulo Sempre disse...

O «Jorge Palma» não faz o meu "estilo"...mas, ok.
O que interessa é a "mensagem"...
Há, por vezes, "momentos românticos" que importam recordar.

PS: Obrigado pela visita

Paulo

Vieira Calado disse...

Não é pieguice nenhuma.
Mas é linda!
Beijinhos.

Blue Velvet disse...

Imagino esse momento, e deve ter sido lindo mesmo.
Mas a M. gosta do Jorge Palma????
Beijinhos, fôfa

elvira carvalho disse...

Nós e os nossos filhos...
Quantos momentos embalados no silêncio, ou ao som de uma voz de encantar, como é o Jorge Palma.
Um abraço

Bárbara Cecília disse...

Que bom que descobriu que ainda estou a postar... rs! Não, não adianta ir, que por hora nada de novo está no meu canto. A semana de retorno a editora está sendo atribulada. Fique bem... e não deixe de ir ler aquilo que não é novo, mas também ainda ficou antigo. Beijos!

Homem sem rosto disse...

Foi por certo um momento unico !
Parabens.

Um beijo

José Gomes disse...

Que coisa mais linda, amiga!
Um abraço,
José Gomes

José Gomes disse...

Que coisa mais linda, amiga!
Um abraço,
José Gomes

Maria disse...

Se eu comprar uma Ilha a.filoxera, pode dispôr dela à sua vontade.
Basta só dizer que quer ir e o meu avião virá buscá-la.
Estará lá o tempo que desejar, como desejar, só ou acompanhada com quem quizer que me dará grande prazer.
Em miúda, eu e um primo meu, inventámos um País imaginário que nos fazia felizes, era o País do Picolé. Sabe onde ficava?... Numas arribas altissímas no sudueste alentejano, junto ao mar, onde estavam autênticas construções na areia, feitas pelos raios que ali caiam.
Brincavamos horas seguidas, tinhamos até carros e animais selvagens.
Ele dizia que, quando fosse grande ia morar para a quele País, eu dizia que não queria lá morar porque queria ir para uma ilha.
Hoje ele mora a meio quilometro daquele lugar, e eu talvez viva realmente numa Ilha. A minha Ilha...
Bj

Carminda Pinho disse...

Então miúda!
Os teus amores, são de facto lindos. Não será porque têm uma mãe assim...? :)))

Beijos prós três.

Sophiamar disse...

Amiga querida

Escreves muito bem. É a minha opinião. Repito a leitura dos teus posts. Várias vezes. E saboreio como fruto raro.
O anterior está genial.Tenta um conjunto de contos ou crónicas.
Força. Adoro-te!
Não estou muito bem, é a verdade, mas tenho muitos amigos. Falta-me uma asa. Arrebitarei de certeza.
Beijinhosssssss

Bruno disse...

O que para uns podem parecer pequenos momentos, para outros são momentos unicos.

Carminda Pinho disse...

Viva!
Temos um slide show todo catita. :)))
Parabéns!

Beijinhos

Maria Jose disse...

Filhos...Há amor maior ?
O aperto das mãozinhas deles, a ronha da manhã, o "mamã, faz-me miminhos",...
E os ciuminhos devem ser o máximo...Logo, logo, vou experimentar o mesmo !...
Beijo grande

Pena disse...

Terna Amiga:
Tudo o que faz, faz, maravilhosamente, perfeito.
É um admirável Ser que tudo encanta. Pela pureza e deslumbre de pessoa sensacional.
Desculpe.
Tem um Prémio no meu blog que é para si. Merece-o pelo carácter puro e lindo.
É pouco, mas é do coração.
Sempre a estimá-la.
O amigo encantado e respeitador pelo que é.

pena

Bárbara Cecília disse...

Passei para te deixar um beijo e para desejar um bom fim de semana. Fique bem!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin