25 setembro 2008

Parabéns, comadre!


Não atendes o telemóvel. Há semanas e semanas.
Fechaste para balanço. Precisas de sossego, por isso, à excepção do trabalho, o telemóvel não funciona.
Muito bem.
Aproveita o teu pacato Alentejo. Inspira fundo também por mim.
Faz o balanço e o balancete, deita para trás das costas tudo o que não presta e até aquilo que é neutro, nem sim nem sopas.
Dedica o tempo livre a não te esforçares para nada e recompensa-te, assim, do esforço dos dias.
Concede a ti própria o silêncio de que todos necessitamos para nos encontrarmos.
Mima-te.
Diminui o ritmo sempre que puderes. Nada de quilómetros, de voos razantes, de relatórios de trabalho. Esquece os controles do chefe, erradica as pressões aterrorizantes da empresa, não penses em reuniões, percentagens ou vendas.
Protege-te.
Mas lembra-te que tenho outras formas de chegar a ti.

De te dizer que a vida, mais que tudo isto, é feita de laços. Laços afectivos que não se desfazem pelo silêncio, nem afrouxam com a distância.
De te dar os parabéns por mais um ano que completas, por seres a amiga que transformámos em familiar quando te escolhemos para madrinha da nossa filha.
De te recordar que, não obstante todas as perdas por que passáste recentemente, continuas a ter-nos como teus amigos, em todas as circunstâncias.
De te assegurar que, estando a muitos quilómetros de distância e mesmo que não ouçamos a tua voz, é contigo que estamos hoje. Como sempre.
Parabéns, querida!
Muitos beijos, de todos nós. Um beijo especial, daqueles de tipo lambido, da tua afilhada.
(este post, como julgo que perceberão, é para uma aniversariante. Pode parecer lamechas, mas esta é uma daquelas amigas que toda a gente gostaria de ter. Por ela, até posso passar por piegas; não me importo)

13 comentários:

Pitanga Doce disse...

Não sei a quem se destina o post mas deve ser alguém muito especial para ti. Se ela vai carregar as baterias no pacato Alentejo, já tem o maior presente que poderia ganhar.

beijos a ti e parabéns a ela.

Maria, Simplesmente disse...

Olá filoxera!
Tudo bem?...
Obrigada o seu comentário a que respondo com muito gosto para mais hoje que, sem querer gabar-me, mas sentindo o prazer que nunca julguei merecer de me ser atribuído um lugar numa GP o que nunca esperei, tenho que lhe dizer com toda a sinceridade:
Tenho a consciência absoluta do que sou e do que valho. Não me sinto vaidosa por o que quer que seja que me aconteça devido ao que tento fazer, não por grandes conhecimentos, mas trabalho e intuição, tenho a consciência do pouco que sou, e só agradeço a quem, me tem ensinado bastante, com comentários sinceros.
Mesmo que eu soubesse muito mais, haveria quen soubesse muito mais que eu, e a pessoa a quem me refiro e que só ontem soube quem é deixou-me abismada.
Obrigada Filixera
Beijos da Maria

Patti disse...

Nada lamechas, mas verdadeira e ainda bem que assim és.

Alexandre disse...

Coincidência talvez, mas o meu melhor amigo - que ontem fez anos - desapareceu sem deixar rasto: tem o telemóvel desligado, o e-mail cheio, parece mesmo que desapareceu... tenho uma suspeita (até porque acho que ele está bem): deve estar demandando terras de Vera Cruz... porque andava por ali possível namorada brasileira...

Muitos beijinhos, Filoxera!!!

Antonio saramago disse...

Oxalá sejam verdadeiras comadres para sempre, que entre vós não venha a existir aquela coisa....
Zangam-se as COMADRES, descobrem-se as????

Maria disse...

Nesta "coisa" dos afectos não há pieguices, há afectos...

Beijos e parabéns para a tua comadre...

elvira carvalho disse...

A pessoa a quem se destina só pode ser uma pessoa muito especial.
Então parabéns para ela e que continue a merecer essa amizade.
Um abraço

BlueVelvet disse...

Tu também aquela amiga que todos queremos ter.
E só não te deixo um beijo lambido porque não sou a Mafalda, e nisto de Afectos cada um é lamechas quanto lhe apeteça.
Beijinhos amiga

Antonio saramago disse...

Amiga, já lá tá a resposta á minha atitude...
beijinho e bfds.

De Amor e de Terra disse...

É bom ser piegas, sempre que vale a pena!...

Bj

Maria Mamede

AF disse...

pois já agora aproveito para lhe deixar aqui os parabens, pois a mim tambem não me atende o telefone.
(ela sabe que eu sei...)
beijinhos

tulipa disse...

Eu também gostaria de ter uma AMIGA assim, com letra grande e de sentimentos verdadeiros.

Que bom que é poder ler estas suas palavras, a pessoa a quem as dirige!!!

É com certeza aquela amiga que todos queremos ter.
Estou c/depressão há 5 meses em casa e todas as que se diziam amigas fugiram...é triste!!!

Anónimo disse...

Pelos vistos sou das poucas que consegui dar-lhe os parabéns, por incrível que possa parecer atendeu á 1º, infelizmente e por causa de um "vou agora falar com um Sr....já te ligo" a conversa ficou a meio até hoje... Parabéns C....

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin