08 abril 2008

Tantras, preces e outros emails em cadeia

Não adianta.
Não repasso emails com tantras, preces ou apresentações pedindo isto ou prometendo aquilo.
Reconheço que alguns são lindos, outros engraçados, mas continuo sem conseguir perceber porque é que eles circulam com tanta frequência pela internet, como é que ganharam tantos "seguidores".
E, o pior é que, além de te pedirem que os reencaminhes, ainda pedem que os remetas de volta ao emissário.
Tenham paciência com uma mulher que, além de fundamentalista no que concerne ao tempo, não consegue descortinar porque é que, para "provar" que se é amigo de alguém, se deve reencaminhar este tipo de "tralha" informática.
Não quero, nunca quererei, com isto, ferir a susceptibilidade de quem quer que seja. Respeito que gostem de receber e dar seguimento. Só peço que compreendam que não o faço, a não ser em caso de se tratar de alguma mensagem com informação importante, útil ou humnanitária. Ou, excepcionalmente, se for arrebatada por mensagem belíssima que ache digna de transmitir a outros.
De resto, continuo e preferir a prática da amizade diária por conversa, pessoal ou por telemóvel, email até. A reiterar a minha devoção através de gestos e práticas, como o beijo, o abraço, o riso, a dádiva, a companhia nos bons e maus momentos.
Continuo a preferir um encontro a um email com bonecada, um toque a uma promessa, uma palavra de conforto a uma frase citada, uma opinião ou um elogio a uma fotografia repassada.
Assim, espero que compreendam que, se me enviarem alguma destas apresentações e não a receberem de volta, tal não significa que não morem no meu coração.

12 comentários:

provokactor disse...

hiéé!!
:--:
xama-s-a-isso, nã têr tangãnhos atravessàdos nas guélas...riso...
komo jà ouvi en kualker làdo: vàle mais morrer k desaparecer: a desenvólver
:--:
a sua "franchise" (franquêsa, franquia?), nã a troke pela hipokrisía, nunca. Sàbe, muitos são kapàzes de kriticar e comer os bolos feitos com o trigo, do kual você separou o jôio. pois não sàbém o ké o jôio,mas kriticam...-os bôlos sàbém mui a trigo.
sêr ou parecêr??? dar ou receber???
kriar ou imitar??? isiste uma fronteira, à kual se chama Konsciencia ké léve e livre kôm'o pensamento.

PostSkriptum: se me dér sinal ke lêo a minha mess faz-me muito calor no coração; Não se sinta obrigàda de Não o fazer!! risos pra SI. Tà?

jo ra tone disse...

Filoxera
Estás que nem eu
Não é preciso tanta coisa
É o Senso Comum sempre a funcionar
Acredita-se até que não haja nada em contrário

Bjo

Maria, Simplesmente disse...

Cuidado, recebi um mail que me prevenia sobre esses "Tantras" e "cadeias" de que fala, e aos quais eu também não respondo e vão logo para o lixo ao recebê-los.
Antigamente vinham em cartas e com ameaças, tal como hoje, em que nos diziam que aconteceria isto ou aquilo caso não respondessemos, iam para o caixote do lixo e acabou.
Hoje é por e-mail pois é mais moderno.
Pena é que as pessoas que se lembram disso não sejam suficientemente modernas para se dedicarem a coisas construtivas, o que me leva a pensar que esses mails tem uma finalidade, nada honesta, mas servem para qualquer coisa de que desconfio e que o tal mail que me alertava para as destruir tinha razão.
Para já ao reenviá-las confirmamos um endereço e mais damos-lhes a comhecer elementos nossos que na net não são tão confidenciais como muitos julgam.
O melhor é que quem os receba não envie para ninguém e os destrua e muito menos os reenvie.
Um bj filoxera.
D
Maria

De Amor e de Terra disse...

Olá minha linda, boa noite!
Agradeço a tua visita e as tuas palavras; não fiques preocupada comigo, pois de vez em quando, a vida pregando-me algumas partidas, obriga-me a escrever de acordo; mas tudo passa...
E o Sol regressa!
Beijos
Maria Mamede

Carminda Pinho disse...

Amiga,
concordo contigo, embora por vezes já tenha repassado alguns.
Mas já não o faço há algum tempo. Já não tenho pachorra!!!

Beijinhos

Maria disse...

:)))
... e como eu te percebo.....

Beijo

Blue Velvet disse...

Olá lindinha,
só tu para te dares ao trabalho desta gentil explicação.
Logo tu que demonstras o teu afecto de forma muito mais doce e palpável.
Eu, embora depois bata em mim própria, às vezes não resisto.
É que sou muito supersticiosa :))))
Beijinhos e veludinhos

Fenrisar disse...

See Please Here

Flores disse...

kkkk... incrível que pense assim, eu ODEIO correntes, meu amigo, se ainda fosse algo par o bem comum, sobre uma criança desaparecida... (que eu tb n repasso, n sei bem pq) mas esses e-mails com frasesinhas de amor... de blá blá, não tem a menor carga de sentimento pra mim, se alguém gosta de mim que escreva algo somente para mim... passar essas besteiras engessadas e querer comoção em troca, é o cúmulo do absurdo!!!
Gostei do post.. apareça lá em ksa(kk quer dizer no meu blog)
saudações

Sophiamar disse...

Tal como tu, amiga, também prefiro dois dedos de conversa à mensagem escrita.

Beijinhosssss

Alexandre disse...

Sou da tua opinião. Dantes reenviava tudo , mas agora não: qd envio algum e-mail é porque acho que pode ser útil ou divertido para a pessoa que o recebe!!!

Muitos beijinhos!!!

Maria Jose disse...

Penso como tu - Não é preciso enviar mensagens com floriados para mostrarmos às pessoas que gostamos delas !

Um beijinho

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin