10 maio 2009

Ausência

Por diversas razões, o Escrito a Quente anda num ritmo morno, quase frio.
A gestão de uma mudança alia-se ao facto de não dispor de serviço de internet, ambas adiando o momento inspirador em que a escrita proporiona um momento de evasão, o fruir da imaginação.
Já sinto saudades de visitar os blogues amigos, saborear textos e vivências. Esperemos que a normalidade regresse depressa.
Até lá, peço-lhes que não estranhem a minha ausência involuntária.

15 comentários:

Si disse...

Cá estaremos. Como sempre. À espera.
Beijinhos

Fernando Vasconcelos disse...

Esperamos ansiosamente o regresso, e boas mudanças.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA AMIGA, CÁ ESTAREI Á TUA ESPERA... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Carminda Pinho disse...

Cá fico à espera, Filoxera.
Que tudo se resolva pelo melhor.
Estou a torcer...:)

Beijos

Maria disse...

É bom saber que vais estar mais calma...
Continuarei por aqui. Para te dar um abraço apertado.
E fazer a festa quando voltares...

Beijinhos

Patti disse...

Todos precisamos de tempo e a vida está primeiro.
Que corra tudo pelo melhor.
Beijinho.

Gi disse...

Os que te acompanham sabem porque estás ausente.

Sofá Amarelo disse...

A tua ausência é uma ausência presente! Voltarás quando puderes, por mim estarei sempre à tua espera, esperando que os sorrisos voltem depressa a brilhar por aí...

Muitos... beijinhos!!!

AF disse...

(...)Pedras no caminho? Guardo-as todas, um dia vou construir um castelo…”
Fernando pessoa

Um dia amiga vais ter o teu castelo...
beijinhos
AF

elvira carvalho disse...

Tudo bem amiga. Nós esperamos.
Um abraço e tudo de bom para si.

Meg disse...

Querida Filoxera,

Creio que muitos de nós sabem do que falas... circunstâncias que nos obrigam a uma ausência forçada que nos provoca ao mesmo tempo um certo sentimento de falta e de vazio.
Mas estaremos sempre aqui para quando estiveres disponível.

Um abraço amigo

Pitanga Doce disse...

Enquanto não vens à Rede vai deixando em folhas de papel teus sentimentos, angústias, alegrias. Já pensaste o manancial de experiências que terás para contar quando a vida voltar ao normal? E ela voltará em breve. Confia.

beijos da Pitanga

Antonio saramago disse...

Eu ho paciência para esperar...

Antonio saramago disse...

Eu ho paciência para esperar...

Antonio saramago disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin